jusbrasil.com.br
11 de Dezembro de 2018

O poder da comunidade e a revolução do acesso à informação jurídica no Brasil

Kadu Mourão, Advogado
Publicado por Kadu Mourão
há 8 meses

Se uma pessoa quer compartilhar conteúdo jurídico de qualidade, o lugar ideal é o Jusbrasil. Se ela pretende encontrar informação útil, ou está em busca de um profissional habilitado e competente para resolver um problema judicial, esse lugar também é o Jusbrasil. E é por isso que somos uma das maiores comunidades jurídicas do mundo!

Resultado de imagem para online community

Mas o que significa ser uma comunidade? E como saber se estou efetivamente participando dela?

Comunidade é um grupo de pessoas que possui um interesse em comum, interagem entre si e criam laços e relacionamentos com outros membros da comunidade. Essa é uma definição bem específica, criada para ressaltar quais os três principais elementos de uma comunidade ativa e com propósito.

E onde entra a comunidade Jusbrasil nisso?

Muitos Jusbrasileiros já utilizam a plataforma da Jus exatamente como na definição de comunidade acima, mas queremos elevar esse número para um próximo nível! Interações mais próximas, troca de experiências, sugestões de temas e tópicos, mentorias, networking, co-autorias: tudo isso são benefícios que só são possíveis com um fortalecimento do senso de comunidade dentro da plataforma.

Resultado de imagem para mentorship

Ok, mas como pretendemos fortalecer esse senso de comunidade, então?

Para otimizar ainda mais a experiência dos membros da nossa comunidade e criar um método eficiente de se interagir dentro dela, criaremos o Hub da Jus. Assim como o Udemy, o CMX e outras tantas comunidades online, vamos utilizar o Facebook para aproximar e fomentar a aproximação entre os membros da comunidade e, aos poucos, adicionaremos mais funcionalidades à própria plataforma da Jusbrasil para que consigamos realmente revolucionar o acesso à informação jurídica no Brasil!

Como faço para participar?

É muito fácil! Se você se identificou com o que falamos no texto e quer se aprofundar ainda mais no propósito e na comunidade Jusbrasil, é só clicar nesse link, solicitar a participação no grupo e pronto, adicionaremos você ao nosso Estúdio!

8 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Acho mais viável um grupo no whatsapp, com regras bem definidas. De toda forma vou tentar participar. continuar lendo

Verdade! Principalmente para quem não utiliza facebook. continuar lendo

Sua observação é boa, mas não despreze o poder e a popularidade do veterano Facebook e a influência que tal base possui.
Acredito que o pessoal do Jusbrasil deu uma tacada certeira!
Sempre digo: do doutor ao vendedor de macaxeira, todos têm um Facebook ativo, nem que seja para bisbilhotar algo ou alguns...

Um abraço, caro Elenilton! continuar lendo

Boa tarde, Elenilton, e obrigado pela sugestão!

Acho interessante a ideia de um grupo de whatsapp, mas demos preferência ao grupo do Facebook pela plataforma possuir mais ferramentas que facilitem a moderação e por acreditar ser um canal de comunicação tão bom quanto. Nada impede, contudo, que exploremos outras plataformas no futuro! continuar lendo

Anseio e colaboro para que as consultas e informações buscadas pela comunidade no acesso a informação Jurídica no Brasil sejam buscadas em canais que realmente informem de forma responsável, transparente e jamais tendenciosas. Que existam regras rígidas para que não ocorra do contrário. continuar lendo

Já me inscrevi e estou participando!!!
Gostei da ideia! continuar lendo

As informações propostas, são só para advogados? Pessoas simples como eu, poderiam participar, as vezes tenho duvidas, se possível; inclua-me...
obrigado
enfrento algumas dificuldades para entender, gostaria de poder ouvir sobre minhas duvidas (quando as tiver) numa linguagem popular... continuar lendo

Olá Eliana!

Então, o Jusbrasil sempre trabalhou buscando popularizar ao máximo o acesso a informação jurídica, e não será diferente com o grupo do Facebook. Você é super bem-vinda lá e fique à vontade para falar suas dúvidas com a linguagem que achar mais adequada! continuar lendo